Tabi

Embreagem Ônix com desgaste excessivo

Recommended Posts

A Chevrolet que diz que tem 20 milhões de fãs no mundo, perdeu uma "fã". Perdeu toda a minha família de fã faz tempo, eu que fui teimosa. Comecei o ano horrível, por causa dessa marca desonesta. Chevrolet nunca mais. Principalmente Onix. Não comprem. Só pra ter dor de cabeça. O Onix tem embreagem dura, com problemas na aceleração, dificuldades de subir ladeira e ultrapassagens (desde que compramos apresentava esses sinais sutilmente)... Nisso, qualquer solicitação de garantia alegam mau uso ou desgaste natural sem qualquer laudo técnico comprovado e documentado, apenas alegam que não foi falha do produto. O carro vinha com problemas na aceleração, principalmente subidas e ultrapassagens, fazia um cheiro de queimado. Daí, a embreagem do nosso Onix estragou, um DESGASTE EXCESSIVO, de um carro com pouco mais de 1 ano de uso, alegaram mau uso e ficou por isso. Na primeira consulta de orçamento na autorizada, o mecânico simplesmente não abriu o carro, deu uma volta e cobrou 1400 pra trocar a embreagem inteira. Bati e o pé e reclamei junto a GM por telefone. Na segunda avaliação abriram carro e a maneira principal como quiseram provar/justificar o mau uso foi fazendo um teste de direção comigo, um teste totalmente descabido, quase teste de Detran que o mecânico fica caçando erro no modo de dirigir, (especialmente se vc for mulher).. Cobraram um orçamento de 800 reais dessa vez e vão ajeitar agora só o disco de embreagem, que estava queimado e deteriorado. Ou seja, o orçamento anterior era incompatível. Liguei pra GM e sua central de relacionamentos só fizeram empurrar a culpa pra concessionária sobre o mau atendimento e não vão dar nenhuma extensão de garantia, nem negativa do motivo da não autorização da extensão de garantia por escrito a GM dá, fica empurrando pra concessionária e se omitindo. Ou seja, o consumidor é prejudicado. Não comprem Ônix, nem carro Chevrolet. Esse não foi o único problema que já me aconteceu, as lâmpadas das luzes traseiras queimaram em questão de meses e alegaram desgaste natural. Tive que trocar 2x. Qdo foi esse final de ano ligaram falando que era problema de fábrica e substituíram a peça que estava causando o problema das lâmpadas queimarem rápido. A lataria também não presta, qualquer coisa que cai ou bate ( mesmo em menor impacto) amassa enormemente o veículo. Se vc for estacionar e cair algo leve no seu carro, pode preparar o bolso. Imagine um impacto de acidente. Estou querendo vender esse carro com medo.

Já conversamos com a central de relacionamento diversas vezes, dizem a mesma coisa que não podem dar extensão de garantia sem a concessionária dizer, e a concessionária diz o mesmo da GM. Um jogo de empurra- empurra e nem um laudo documentado de negativa da garantia dão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Este relato de desabafo é até compreensível, pois ninguém deseja ter problemas com um carro.
Mas nada adianta ficar se queixando, dizendo que o Onix é ruim, que as pessoas não devem comprá-lo, que a Chevrolet perdeu credibilidade. Como dizer isso para os proprietário das mais de 150 mil unidades vendidas no Brasil no ano passado e sem contabilizar as exportadas para outros países? Não sei se a maioria concodaria.

Carros são produzidos com mais de 5 mil componentes e nada impede que um deles venham com problema, mesmo novo. Não existe controle de qualidade que consiga dar conta do volume. Fora isso, erros de projetos existem aos montes em todas as marcas e todos os modelos, mas isso não desabona totalmente um produto.

Sabemos também que o Brasil não é um país sério e que aqui, muitos colocam os direitos na frente dos deveres. Os honestos acabam sofrendo pelos desonestos. E segue a vida.

O fato é que a embreagem é descrita como componente de desgaste e possui uma garantia explícita no manual do proprietário de 6 meses ou 6 meses ou 5 mil km se for uso comercial. Passou isso, não adianta chorar. Se havia um defeito no atuador de embreagem ou no platô que fazia o disco patinar, o problema tinha que ser corrigido o quanto antes. Infelizmente paga-se do próprio bolso. Precisamos todos criar consciência que a "fábula" da garantia de 3 anos é altamente restrita, pois as montadoras/fabricantes/concessionários sabem das brechas.

Mas a melhor coisa a fazer é se desfazer do carro mesmo e procurar outro que lhe traga satisfação e não aborrecimentos e chateações.

Editado por Sekiya
  • Thanks 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou suspeito em dizer, estou no segundo Onix, tive alguns pequenos problemas nos primeiro, que deram trabalho mas foram sanados, já tive problema no segundo, que sanaram na primeira vez. Não sou sortudo de ter sido atendido bem, o que ocorre é que na minha cidade tenho 2 concessionarias GM e uma o serviço não presta e na outra o serviço é especialista (tem mecânicos de mais de 20 anos trabalhando lá, mas também tem uns novatos que sabem menos que nós foristas). Sei de relatos que a GM traz carros de outras cidades e estados para esses mecânicos acharem a solução. As vezes quando uma cidade tem certa exclusividade de concessionaria e o serviço não é competente, o melhor é  apelar para o tiozim mecânico que todo mundo leva e o carro sempre fica bom, ou tentar ir numa concessionaria na cidade vizinha.

Quanta a lataria fraca, o Onix e todos os carros estão assim, temos sorte de não ter paralamas e tampa traseiras de plastico. Infelizmente essa é o custo para ter um carro mais leve para ser mais econômico. Quanto a Segurança não é a lata que te protege, mas sim as vigas e estruturas por dentro da lata que te protege. A lata só amortece o impacto.

Meu primeiro onix vendi com 45.000 km rodados em 4 anos, e a embreagem já apresentava trepidação provavelmente por desgaste. O modo de usar e soltar a embreagem interfere diretamente na vida útil dela.  Em comparação tinha um corsa wind 95/96 que vendi com 160.000 km e embreagem original. As peças estão sendo feitas para durar menos, para ter uma vida útil menor. 

Mas como dito acima, assim que puder vender o carro troque por outro que lhe agrade, uma dica é conversar com os Taxistas e Uber que eles podem dizer qual carro está melhor em manutenção e dando menos dor de cabeça. aqui na minha cidade o que domina é Siena e Logan para taxis e Sandero para Uber.

Sinto saudades dos confortáveis e resistentes monzas/Opalas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tabi,

Assim como o Ricardo também estou no segundo Onix (o primeiro deu PT num acidente). Após ler a sua reclamação, acho que a concessionária da sua cidade deve ser bem ruim, por isso a insatisfação em relação ao carro e a marca, afinal eles são a representação da mesma em contato direto com você. Vou dar um exemplo pra você perceber como os atendimentos são diferentes.

As concessionárias da minha cidade são ambas do mesmo grupo, porém apresentam um atendimento impecável. O meu primeiro Onix veio com um problema na direção, e tirando a chateação de ter ido lá umas 10 vezes, o atendimento prestado foi bastante satisfatório.Todas as vezes eles abriam o carro, olhavam, executaram diferentes procedimentos, entraram em contato inclusive com os engenheiros da GM pra solucionar o problema.

Meu novo Onix apresentou um vazamento na junta do motor. Fui assim que aconteceu e eles trocaram a junta. Semana passada apareceu novamente, e levei lá, sendo prontamente atendido.

Meu tio tem um Chevrolet Cruze que apresentou o mesmo problema do seu, com um cheiro de queimado proveniente da embreagem e as marchas não entravam. Ele levou na GM (o carro ainda estava na garantia), fizeram a substituição das peças necessárias e o problema foi sanado.

Em relação à questão da resistência do carro, acho um fator relativo. Ano passado sofri um acidente no meu antigo Onix e ele ficou destruído (a lista de peças para conserto da GM tinha umas duas páginas), porém eu não sofri um arranhão. Por isso falo que é relativo.

Em relação a arranhões, a cor do meu é bastante propensa por si só (preto). Já sobre amassados, o único que tive nesse ano foi na parte de baixo do parachoque da frente e não foi tão grande, então não sou um bom exemplo.

Apesar disso tudo, entendo que o carro tem seus defeitos e você possa estar insatisfeita. Minha dica (apesar de não ser nada comodo) é ir em algum mecânico especializado da sua cidade ou buscar uma concessionária GM com bom atendimento em cidades próximas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, Ricardo_Astord disse:

Em comparação tinha um corsa wind 95/96 que vendi com 160.000 km e embreagem original. As peças estão sendo feitas para durar menos, para ter uma vida útil menor.

Isso é uma verdade. Inclusive, na linha Corsa de primeira geração, motor 1.0, até surgir o motor VHC, usava disco de embreagem de 190mm. Depois com o novo motor, começaram a usar um disco de 180mm. Parece pouco, mas a redução na área de atrito só leva a um desgaste maior do disco. Provavelmente para reduzir custo da fábrica (e aumentar a do dono).

A Chevrolet já teve problemas de embreagem subdimensionada na Zafira e na S10 2.4 Flex.

A Revista 4Rodas testou um Onix 1.4 e no desmonte verificou-se que com 60mil km (a maior parte em rodovias), o disco de embreagem estava no limite de desgaste. Pode servir de parâmetro para os foristas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora